• Santa Casa da Misericordia de Machico

    Santa Casa da Misericordia de Machico

    Desde 1529 ao Serviço da Comunidade – Trabalhamos a pensar em Si, pela Sua Saúde e Bem-estar
  • Centro De Dia

    Centro De Dia

    Convívio, Segurança, Bem-estar, Acompanhamento
  • Lar Agostinho Cupertino da Câmara

    Lar Agostinho Cupertino da Câmara

    Uma família. Acolhimento, Conforto, Afetos, Qualidade de Vida, Segurança,
  • Centro de Convívio

    Centro de Convívio

    Relações Interpessoais, intercâmbios, atividades, Bem-estar
  • Centro Medico

    Centro Medico

    Consultas médicas de especialidade, Enfermagem permanente, Meios Complementares de diagnóstico e Reabilitação física
  • Infantário Rainha Santa Isabel

    Infantário Rainha Santa Isabel

    Formamos crianças solidárias, participativas, críticas e autónomas
  • Centro Comunitário da Bemposta

    Centro Comunitário da Bemposta

    Integração, desenvolvimento, Formação, Empregabilidade

brasao santa casa da misericordia machico

Descrição Heráldica

Escudo I: ovalado de campo azul, uma cruz latina com resplendor de ouro ladeado pela abreviatura siglática MIZA, e no contra-chefe uma caveira com duas tíbias passadas em aspa, todas de prata.
Escudo II: ovalado com as Armas de Portugal.
Coronel: uma coroa real encimando os dois escudos.
Suportes: ao centro um ramo de acanto, à dextra um ramo de carvalho e à sinistra um ramo de lírios.
Listel, branco com a designação "Misericórdia de Machico"

Simbologia e Alusão das Peças

A cruz com resplendor alude ao símbolo sagrado do Redentor sustento e conforto dos doentes e desprotegidos.
A caveira com duas tíbias símbolo da morte, para a qual a Misericórdia proporciona conforto espiritual.
A sigla MIZA é a antiga abreviatura de Misericórdia.
A coroa real representa a origem régia da Instituição.
As Armas de Portugal simbolizam o carácter Nacional das Misericórdias.
As folhas de acanto representam o esforço, dedicação e a sabedoria daqueles que trabalham em prol dos mais desfavorecidos.
O ramo de carvalho configura a fortaleza como lugar de abrigo.
O ramo de lírios exprime a pobreza.

Os esmaltes significam

O azul: a probidade, a integridade e o zelo permanente, garantindo a eficácia.
A prata: a humildade e a esperança de melhor servir.