• Santa Casa da Misericordia de Machico

    Santa Casa da Misericordia de Machico

    Desde 1529 ao Serviço da Comunidade – Trabalhamos a pensar em Si, pela Sua Saúde e Bem-estar
  • Centro De Dia

    Centro De Dia

    Convívio, Segurança, Bem-estar, Acompanhamento
  • Lar Agostinho Cupertino da Câmara

    Lar Agostinho Cupertino da Câmara

    Uma família. Acolhimento, Conforto, Afetos, Qualidade de Vida, Segurança,
  • Centro de Convívio

    Centro de Convívio

    Relações Interpessoais, intercâmbios, atividades, Bem-estar
  • Centro Medico

    Centro Medico

    Consultas médicas de especialidade, Enfermagem permanente, Meios Complementares de diagnóstico e Reabilitação física
  • Infantário Rainha Santa Isabel

    Infantário Rainha Santa Isabel

    Formamos crianças solidárias, participativas, críticas e autónomas
  • Centro Comunitário da Bemposta

    Centro Comunitário da Bemposta

    Integração, desenvolvimento, Formação, Empregabilidade

IMG 9533

 

Psiquiatria

A prevalência crescente das doenças mentais é hoje uma realidade amplamente aceite. Dados do Estudo Epidemiológico Nacional de Saúde Mental, publicado em 2013, revelam que, em 2012, em cada 100 portugueses 22,9 tinham uma perturbação psiquiátrica, sendo Portugal um dos países com maior prevalência de perturbações psiquiátricas na Europa.

Atendendo a estes dados é fácil compreender a importância de assegurar uma resposta atempada e organizada a estes doentes, com vista a garantir o melhor prognóstico e evolução possíveis.

A consulta de psiquiatria tem como objetivo a abordagem e tratamento de diversas patologias mentais, das quais se destacam como mais comuns as perturbações do humor e da ansiedade, perturbações psicóticas e quadros demenciais com alterações do comportamento associadas.

A escassez de recursos na área da psiquiatria na região tem estado associada a uma resposta tardia e muitas vezes insuficiente. Por este motivo, a Santa Casa da Misericórdia de Machico abraçou este novo projeto, com o intuito de tentar contribuir para a otimização desta resposta a nível regional.

Mais se informa que além da consulta externa, estará igualmente disponível a observação de doentes internados, uma vez que nestes casos o trabalho em equipa multidisciplinar é fundamental.

Carla Spínola